Filie-se você também ao nosso sindicato!

Clique Aqui

Nota do SINDBOMBEIROCIVIL RJ a utilização de uniformes de bombeiros civis não empregados

Nota do SINDBOMBEIROCIVIL RJ a utilização de uniformes de bombeiros civis não empregados.

O Presidente Julio Cesar, foi convidado a participar em um grupo de Whatsapp com responsáveis do Geden, para tratar de uma padronização de uniformes de bombeiros civis, deveriam adotar em Petrópolis, após uma ação policial em conjunto com a corregedoria do CBMERJ, que conduziram bombeiros civis uniformizados até a DP 105, após realizarem uma arrecadação de alimentos não perecíveis para repassarem para instituições sociais, doarem para os menos favorecidos da região de Petrópolis.
O presidente Sr. Julio Cesar informa que nem o CBMERJ e nem algum grupo ou associação de bombeiros, podem interferir ou legislar sobre uniformes de bombeiros civis, pois é de responsabilidade exclusiva da empresa que contrata e que segue as orientações da Nota técnica 2-11 do CBMERJ e seguindo a lei 11.901, nenhum bombeiro civil tem que comprar nenhum uniforme nem para a formatura e nem uso pessoal, já é entendido e se tratando de emprego ou trabalho de free lancer a responsabilidade e do padrão de uniformes cabe somente a empresa contratante. Sendo assim nenhuma instituição ou associação pode interferir na padronização de uniformes, para todos os bombeiros de um pais, estado ou município, pois se seguirmos a nota técnica do CBMERJ, somente empresas Prestadoras de serviços de Bombeiros Civis, podem fazer uniformes para seus funcionários e também cabe ao SINDBOMBEIROCIVIL RJ cobrar das empresas a distribuição destes uniformes como consta na Convenção Coletiva de Trabalho 2019/2020, na Cláusula 33. Se já consta na Nota técnica do CBMERJ e na Convenção Coletiva de Trabalho, não entendo o porque desta insistência na venda de uniformes para ALUNOS e futuros trabalhadores regidos pela CLT, e nesta OMISSÃO E CONIVÊNCIA DO CBMERJ por não fiscalizar e coibir que lojas de uniformes e cursos vendam uniformes semelhantes ao do CBMERJ.
Para que um aluno que esta esta fazendo um curso de bombeiro civil, precisa comprar um uniforme não vejo nenhum vigilante, motorista de ônibus, gari, comissário de bordo todos desempregados, desfilando de uniformes comprados em escolas de formação ou lojas de uniformes. O assunto é sério e ao ver do SINDBOMBEIROCIVIL RJ, é duro pra quem comprou uniforme influenciado pelo momento de ser bombeiro civil, que tais uniformes não só ficaram em seus armários. Ou até que um novo tenente coronel do CBMERJ, venha por tiversos motivos e principalmente amparado por leis os conduzirem a Delegacia de Polícia mais próxima, aproveito o espaço aqui para que a corregedoria do CBMERJ fiscalize as lojas de uniformes e escolas de formação, que deveriam apenas formar fazem vendas casadas aos seus alunos que coloca o uniforme como parte do curso.

Assista ao vídeo: