Filie-se você também ao nosso sindicato!

Clique Aqui

Pezão reconhece equívoco

Governador Pezão reconhece equívoco na proposta de reajuste do piso regional 2015.

Em reunião com a bancada de trabalhadores do Conselho Estadual de Trabalho, Emprego e Geração de Renda do Estado do Rio de Janeiro (CETERJ), nesta segunda-feira, 23/02/2015, no Palácio Guanabara, o governador Luiz Fernando Pezão reconheceu que houve equívoco no envio, para Assembleia legislativa do Rio (ALERJ), da proposta de reajuste de 7% para o piso salarial regional.

O projeto encaminhado pelo governo do estado também reduzia de nove para seis as faixas salariais, causando prejuízos, segundo os integrantes da bancada, para algumas categorias.

De acordo com o secretário jurídico da União Geral dos Trabalhadores do Rio de Janeiro (UGT-RJ), Cláudio Rocha, o governador garantiu que não enviará nova mensagem para a ALERJ sem que a bancada seja ouvida pela Secretaria da Casa Civil. “Tivemos uma conversa franca, direta e objetiva, de trabalhador para trabalhador”, afirmou Rocha, acrescentando, ainda, que o governador demonstrou muita preocupação com a questão da empregabilidade.

A audiência com o governador no Palácio Guanabara foi uma solicitação da UGT-RJ, através de seu presidente Nilson Duarte Costa, que integra a Bancada de Trabalhadores do CETERJ com representantes das demais centrais sindicais.

Fonte: UGT–RJ